O transtorno alimentar é causado por dieta

Atualizado: 29 de Abr de 2020

Nem toda dieta causa transtorno alimentar, mas todo transtorno alimentar é causado por uma dieta.

Muitas pessoas iniciam uma dieta na esperança de controlar seu peso ou forma corporal, mas depois do tempo vem o sofrimento físico e emocional. Fazer dieta pode levar a pensamentos obsessivos sobre comida e fome extrema. Quando as pessoas experimentam uma fome extrema combinada com um aumento de pensamentos sobre comida e alimentação, elas estão mais propensas à compulsão alimentar.


Fazer dieta é uma forma de restrição alimentar e geralmente nega ao corpo os nutrientes necessários. Não é possível seguir fazendo restrição pelo resto vida e os estudos apontam que 95% das pessoas que fazem dieta restritiva voltam a engordar novamente.

Isso comprova que fazer dieta restritiva não funciona. Pode até "funcionar" a curto prazo, mas e depois?

As pessoas costumam acreditar que não têm força de vontade para fazer dieta "com sucesso". Eles são envergonhados pela mídia e pela cultura da #beleza e da #dieta e, finalmente, se comprometem a restringir sua ingestão. Se as dietas funcionassem, não surgiriam tantas dietas diferentes prometendo milagres e a #obesidade não existiria mais.

A culpa não é sua, a culpa é da dieta.

O transtorno alimentar pode surgir por diversas razões. Uma delas é o esgotamento físico e emocional leva para o pensamento de "tudo ou nada". Por não conseguirem sustentar a restrição alimentar, as pessoas podem ter episódios de #compulsão alimentar, com a sensação de perda de controle e culpa. A compulsão alimentar está presente na bulimia nervosa, num subtipo de #anorexia nervosa e no transtorno da compulsão alimentar.


A #purgação é outro sintoma disfuncional, que consiste em comportamentos inadequados de controle de peso, como vômitos autoinduzidos, excesso de atividade física ou uso abusivo de #laxantes, diuréticos e outras medicações. Ele parece na #bulimia nervosa e no transtorno purgativo.


Mas há quem sustente a restrição alimentar com o objetivo de perder peso. Por mais que emagreça, nunca é suficiente, sempre precisa emagrecer mais. É o caso dos pacientes com anorexia nervosa.

As dietas feitas com fins estéticos não são inofensivas, podem levar a transtornos psiquiátricos graves.

O tratamento dos transtornos alimentares é longo, custoso e envolve vários profissionais.


Não espere chegar a esse ponto para pedir ajuda. Todos têm o direito de querer #emagrecer, mas é importante saber que um emagrecimento sustentável à longo prazo não acontece na velocidade prometida pelas dietas, requer mudança de comportamento e estilo de vida.


Procure ajuda de um #nutricionista especializado em comportamento alimentar para ajudá-lo nesse processo.


#transtornoalimentar

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone Pinterest

Alameda dos Maracatins, 780 cj, 608 

Moema - São Paulo - SP

(11) 99982-4819