Criança deve montar seu próprio prato

Torne a refeição um momento agradável, divertido e saudável, permitindo que a criança monte seu próprio prato e coma com independência.


As crianças nascem sabendo quando devem mamar, quanto mamar e quando parar de mamar. Ao sentir fome, choram e são alimentadas. A mãe precisa controlar quantos mililitros o bebê mamou do seu peito? Não é necessário, quando saciadas, viram o rostinho para o lado e param de mamar.

A regulação dos sinais de fome e saciedade é inata, todos nascemos comedores competentes.

Quando os bebês começam a comer, os pais tendem a servir comida demais e ainda exigem que seu filho "coma tudo", mesmo quando a criança dá sinais que não quer mais comida. Ser forçado a comer na ausência de fome acaba desregulando os sinais inatos de fome e saciedade da criança. Ela passa a comer uma quantidade de comida imposta, e não o quanto ela está necessitando naquele momento.


Esse "desrespeito" cria uma confusão na criança, ela aprende que não é importante ouvir o seu corpo, come o quanto a "mandam" comer. E qual é o problema disso? Adultos que não se percebem, não reconhecem sua fome nem saciedade, comem mais ou menos do que necessitam e geralmente não tem um peso adequado.


O QUE comer e QUANDO comer é de responsabilidade dos pais. QUANTO comer e SE vai comer, a criança decide.

Pense nisso!

  • Branco Facebook Ícone
  • Branca Ícone Instagram
  • Branca Ícone Pinterest

Alameda dos Maracatins, 780 cj, 608 

Moema - São Paulo - SP

(11) 99982-4819